Câmara Municipal de Penela

Câmara Municipal de Penela reforça apoio a famílias, empresas e associações do concelho

Câmara Municipal de Penela reforça apoio a famílias, empresas e associações do concelho


O confinamento e encerramento temporário da atividade económica aumentou substancialmente o risco de pobreza, precariedade e endividamento. Com vista a minimizar o impacto da crise económica provocada pelo COVID-19, a Câmara Municipal de Penela lançou um segundo Fundo Municipal de Emergência, num total de 62 mil euros, com o objetivo de apoiar famílias, empresas e associações do município. 

Neste âmbito, a Câmara Municipal de Penela está a apoiar diversas famílias, através de um subsídio não reembolsável, permitindo aos agregados familiares fazer face a pagamentos de necessidades básicas, como rendas habitacionais, medicação, água, eletricidade, entre outras despesas elementares. 

As empresas situadas no Concelho, que se viram forçadas a encerrar ou suspender a atividade em virtude da declaração do estado de emergência e que tenham sofrido uma redução no volume de faturação, também podem recorrer a um apoio financeiro único entre os mil e os mil e quinhentos euros. As associações também são abrangidas por este Fundo de apoio. 

“Reforçamos os apoios financeiros extraordinários aos munícipes mais carenciados e às empresas de modo a mitigar os efeitos económicos e sociais decorrentes da pandemia. Esperamos com estes apoios garantir a manutenção do emprego e a valorização da atividade das empresas do município” refere Luís Matias, Presidente da Câmara Municipal de Penela. 

As candidaturas para o Fundo Municipal de Emergência encontram-se abertas até ao final do mês de março. 

Durante o primeiro confinamento de 2020, o Fundo Municipal de Emergência apoiou 20 microempresas que sofreram perdas de faturação, num total de 23 mil euros. Entre março e maio do ano passado, o município de Penela decretou ainda as isenções das rendas mensais para todos os espaços concessionados do município, incluindo os espaços das incubadoras.



Data

26/03/2021

Categoria

Desenvolvimento Económico

Partilhar notícia