Câmara Municipal de Penela

Mapas Natureza vieram ao encontro de Penela

  • Mapas Natureza vieram ao encontro de Penela
  • Mapas Natureza vieram ao encontro de Penela
  • Mapas Natureza vieram ao encontro de Penela
  • Mapas Natureza vieram ao encontro de Penela
  • Mapas Natureza vieram ao encontro de Penela
  • Mapas Natureza vieram ao encontro de Penela
  • Mapas Natureza vieram ao encontro de Penela
  • Mapas Natureza vieram ao encontro de Penela
  • Mapas Natureza vieram ao encontro de Penela
  • Mapas Natureza vieram ao encontro de Penela
  • Mapas Natureza vieram ao encontro de Penela


O projeto Mapas Natureza marcou presença no concelho de Penela durante os dias 20, 21 e 22 de agosto, com diversas atividades que levaram o público a ir ao encontro da natureza, da cultura e das pessoas que vivem no interior.

Mapas Natureza iniciou as suas atividades no dia 20 de agosto, na Praça da República, com um concerto de LaBaq, seguida da projeção de quatro documentários (Pessoas-Mapas) que retratam as vivências e experiências daqueles que vivem neste território natural.

No dia 21 de agosto, na Ferraria de São João, iniciou-se a tarde à conversa com Paula Oliveira Guimarães, Catarina Santana e Wout Straatman, seguida da instalação artística de Patrick Hubmann e, por fim, a apresentação do trabalho de co-criação de Cabrita e André Louro.

O domingo, 22 de agosto, foi passado na Louçainha, com uma caminhada pelo percurso natural com Carlota Lagido, seguida de um piquenique de lazer e partilha de arte e cultura em contacto com a beleza da paisagem.

A tarde de domingo terminou com um conjunto de jogos, brincadeiras e atividades desportivas que despertaram os sentidos, o corpo e a mente daqueles que participaram, proporcionados pelos Jogos do Helder, Catrapum Catrapeia e as Aventuras Mystery Box.

Esta iniciativa que decorre desde julho e prolonga-se até outubro, leva às terras de Sicó/Alvaiázere, Estrela Geopark, Lousã, Geopark Naturtejo, Vouga-Caramulo, Aire e Candeeiros, Malcata, Açor, Vale do Côa e Gardunha, concertos, conversas, documentários, piqueniques, caminhadas e muitas outras atividades que permitem explorar a região centro.

Este projeto, promovido pela iNature numa parceria com o Município de Penela e financiado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), através do CENTRO2020 – Programa Operacional Regional do Centro, tem como missão “dar eco a uma narrativa do real, que a partir da memória do indivíduo e da vida social assinala o potencial de futuro de um conjunto de territórios que se redescobrem num itinerário em que a arte é o guia”.



Data

25/08/2021

Categoria

Cultura

Partilhar notícia