Câmara Municipal de Penela

Penela promoveu sessão de esclarecimentos sobre vespa asiática

  • Penela promoveu sessão de esclarecimentos sobre vespa asiática
  • Penela promoveu sessão de esclarecimentos sobre vespa asiática
  • Penela promoveu sessão de esclarecimentos sobre vespa asiática


Largas dezenas de apicultores e representantes de varias associações de apicultores do concelho de Penela e dos concelhos vizinhos, ocuparam o salão nobre dos paços do concelho, no passado dia 17 de setembro, para uma ação de informação sobre a Vespa Velutina, vulgarmente designada por “Vespa asiática”.

Penela integra a área geográfica de produção do MEL DOP SERRA da LOUSÃ, com quebras acentuadas na produção em consequência da presença da vespa velutina, espécie invasora, predadora da abelha europeia, proveniente do sudeste asiático.

A presença da velutina, no concelho de Penela, tem produzido efeitos graves, principalmente na apicultura (têm uma alimentação sobretudo proteica para fortalecer a sua criação, sendo predadora não só de abelhas como também de outras espécies de vespas ou outros insetos), mas também na fruticultura (predando as abelhas diminuem a polinização e também a nível de danos na fruta) e na saúde pública (não sendo mais agressivas do que a vespa europeia, são, no entanto, em maior número e sentido o ninho ameaçado perseguem os humanos várias centenas de metros).

Consciente deste problema, e na tentativa de assegurar a sustentabilidade económica da atividade apícola, a proteção civil de Penela promoveu esta ação de informação, dinamizada pelo engenheiro João Casaca, da Federação Nacional dos Apicultores de Portugal (FNAP) no sentido de apresentar mecanismos/meios/equipamentos de proteção das colmeias, de modo, a minimizar o impacto da ação da vespa velutina, bem como, a partilha de ideias e experiências por parte dos apicultores tendo em conta as diferentes realidades.



Data

20/09/2019

Categoria

Proteção Civil

Partilhar notícia