Câmara Municipal de Penela

Segunda edição do FLII juntou escritores nacionais e internacionais

  • Segunda edição do FLII juntou escritores nacionais e internacionais
  • Segunda edição do FLII juntou escritores nacionais e internacionais
  • Segunda edição do FLII juntou escritores nacionais e internacionais
  • Segunda edição do FLII juntou escritores nacionais e internacionais
  • Segunda edição do FLII juntou escritores nacionais e internacionais
  • Segunda edição do FLII juntou escritores nacionais e internacionais
  • Segunda edição do FLII juntou escritores nacionais e internacionais
  • Segunda edição do FLII juntou escritores nacionais e internacionais
  • Segunda edição do FLII juntou escritores nacionais e internacionais


A segunda edição do Festival Literário Internacional do Interior “Palavras de Fogo” reuniu entre os dias 14 e 17 de junho, um conjunto de eventos culturais em vários concelhos, entre os quais, Penela.

A brasileira Andréa Del Fuego, foi presença assídua no nosso concelho, durante estes dias, como escritora residente e falou para todos os públicos da sua experiência enquanto autora. O ponto alto do evento, no concelho de Penela, decorreu no fim-de-semana, com vários momentos literários e musicais. O sábado, começou com uma Hora do Conto abraçada pelas muralhas do castelo de Penela onde algumas crianças acompanhadas por familiares ouviram Eunice Lourenço, uma bióloga de formação, mas com particular gosto pelas palavras e pelas artes. A tarde foi preenchida com um painel de conversa informal na igreja do Convento Santo António, com os escritores Gonçalo M. Tavares, Maria Alzira Brum, Andrea del Fuego moderadora por Paula Oliveira Guimarães.

No domingo, o festival foi ao jardim das gerações, no Espinhal, para um momento literário com Asiya Zahoor, autora de livros e artigos escritos e poemas sobre questões como política do lugar, diáspora, literatura do exílio, identidade muçulmana e psicologia da aprendizagem de línguas e com o poeta e ensaísta, João Rasteiro, com artigos publicados em diversas revistas e antologias em vários países da europa, áfrica e américa.

O festival Literário terminou na segunda-feira, dia 17, com uma conversa informal, no Centro de Estudos de História Local e Regional Salvador Dias Arnaut com o ilustrador, cineasta e músico da banda The Soaked Lamb, Afonso Cruz para uma plateia bastante atenta. Maioritariamente composta por alunos da Universidade Sénior, o autor falou um pouco de tudo sobre a sua experiência artística, os livros que escreveu, as ilustrações que desenhou e os países por onde passou.

O repórter fotográfico André de Toledo Sader registou iniciativas em todos os municípios participantes para a criação de uma exposição fotográfica, a inaugurar no próximo ano, na abertura da terceira edição do FLII Palavras de Fogo.

O FLII Palavras de Fogo, é uma iniciativa da Arte-Via Cooperativa que conta com o apoio dos Municípios aderentes e tem como patrono a Presidência da República, e a CCDRC, Delegação Regional da Cultura, Universidade de Coimbra, RBE, Turismo de Portugal e a Fundação José Saramago como parceiros associados.



Data

18/06/2019

Categoria

Cultura

Partilhar notícia