Câmara Municipal de Penela

Foto: flores de Penela
Foto: paisagem de penela
Foto: paisagem de penel

Florestas

Gabinete Técnico Florestal

O concelho de Penela é uma verdadeira mancha verde de grande interesse e variedade vegetal.

O enquadramento geográfico do concelho de Penela determinou uma grande heterogeneidade no que concerne ao relevo que se traduz pela amplitude de classes de altitude. As altitudes mais expressivas encontram-se na área oriental do Concelho, nas rochas predominantemente xistosas que compõem a serra do Espinhal, essencialmente composta por uma floresta com função de produção. A oeste do Rio do Dueça marcam presença as áreas calcárias com uma vegetação marcadamente diferente.

O coberto vegetal traduz uma influência tipicamente mediterrânea encontrando-se em vertentes de baixa altitude e com exposição predominantemente ao quadrante sudeste, espécies características como o Carvalho Português (Quercus faginea), Sobreiro (Quercus suber L.), Medronheiro (Arbustus unedo L.) e plantas odoríferas. Das espécies introduzidas pelo Homem salienta-se o pinheiro bravo e o eucalipto que se encontram associadas a áreas de solos pobres arenosos ou argilosos.

Consciente da importância do Espaço Florestal no concelho em termos sociais, económicos e ambientais a Câmara Municipal criou em Abril de 2005 o Gabinete Técnico Florestal, (GTF) que tem como principal objectivo centralizar as atribuições da Comissão Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios (CMDFCI), traduzidas em acções de Defesa da Floresta Contra Incêndios (DFCI).

Constituição da CMDFCI

  • Vice - Presidente da Câmara Municipal (com competências delegadas)
  • Gabinete Técnico Florestal
  • Representante das Juntas de Freguesia
  • Representante da Direcção Geral dos Recursos Florestais
  • Representante da Autoridade Militar de Exército
  • Representante dos Bombeiros Voluntários
  • Representante da Guarda Nacional Republicana
  • Representante da Associação de Produtores e Proprietários Florestais do Concelho de Penela

GTF - Serviços

  • Elaboração e actualização do Plano de Defesa da Floresta Contra Incêndios que inclui a construção de um Sistema de Informação Geográfica SIG florestal para o concelho;
  • Inventariação das infra-estruturas, meios humanos e materiais e defesa da floresta contra incêndios;
  • Formação a equipas de vigilância e 1ªintervenção;
  • Aconselhamento técnicos em acções de arborização, exploração e condução de povoamentos;
  • Esclarecimentos sobre a legislação em vigor;
  • Esclarecimentos sobre o Plano Sectorial " Plano Regional de Ordenamento Florestal do Pinhal Interior Norte";
  • Esclarecimentos sobre programas de apoios comunitários e nacionais relacionados com o investimento na floresta;
  • Avaliação dos pedidos de autorização de mobilização de solos;
  • Avaliação de pedidos de autorização para a realização de queimas e queimadas;
  • Elaboração de candidaturas a projectos de investimento na área de DFCI;
  • Sensibilização dos munícipes no âmbito da prevenção e protecção da floresta contra os incêndios florestais

Projectos de DFCI

Com o objectivo de preservação e melhoria da estabilidade ecológica das florestas, quando se verificam condições favoráveis à ocorrência de fenómenos com potencial destruidor, como são os incêndios florestais e de promover uma maior eficácia ao nível da prevenção e da detecção precoce e combate a incêndios florestais, a Câmara Municipal de Penela encontra-se a desenvolver um projecto no âmbito do Programa AGRIS - medida 3.4 "Prevenção de Riscos Provocados por Agentes Abióticos", na Zona de Intervenção Florestal da Serra do Espinhal, que abrange 3 400 ha. Este projecto que contempla várias rubricas iniciou-se em Agosto de 2004 e desenvolver-se-á até Julho de 2008.

Este projecto contempla várias acções com vista a promover a redução do risco de ignição e progressão dos incêndios através da criação de zonas de descontinuidade e de acções de vigilância. Salientam-se as operações de silvicultura preventiva, nomeadamente:

  • roça de matos à volta das habitações
  • limpeza de povoamentos e correcção de densidades
  • construção e/ou beneficiação da rede viária
  • Beneficiação de pontos de água.

Abertura de faixa corta fogo de 1ª ordem

Beneficiação de ponto de água do Farelo

Silvicultura Preventiva